08 agosto 2012


Aperte play, depois leia.

Tudo começou no dia 16/09/2011. Foi com uma conversa inocente de msn, em um mundo que “não era real”, jamais pensei que aquilo fosse prosseguir.. Mas os dias foram se passando, e a cada conversa, eu sentia que precisava manter o contato, que já estava começando a me apegar, me apegar mais uma vez. Não foi muito difícil disso acontecer, logo me encantou com o seu jeito, com sua simplicidade, sua humildade, seu jeito sincero de ver a vida.. Alguns meses se passaram, e no dia 18/12/2011 começamos a namorar, esse foi um dos dias mais felizes da minha vida. Quando te vi pela primeira vez na “webcam”, foi mágico, estávamos tímidos, e eu prestei a atenção em cada detalhe seu, o seu sorriso estava tão lindo, tão sincero. A cada dia que se passava eu te amava mais, eu estava mais dependente de você, estava acreditando que iriamos nos conhecer pessoalmente, que iriamos conseguir o tão sonhado e desejado “toque”, porque só quem namora a distância sabe o que é sonhar com isso.. 2012 chegou, e muita gente por ai pedindo que esse ano os trouxesse dinheiro, e eu só tinha pedido você do meu lado.. Parece tão simples, mas não é, é difícil, tive que ser forte, ou ao menos eu parecia forte, para poder enfrentar essa dor de não te ter perto de mim. Estava só na espera de poder viver a vida toda ao seu lado, de cuidar de você, te fazer feliz, pra eu poder ser feliz..  Mas no dia 15/01/2012 tudo aquilo acabou, nossos sonhos, nossos planos, tudo foi arrancado de mim. Quando eu recebi uma ligação, que me falou que o meu grande amor tinha falecido. Porque?! Porque comigo?! Eu ao menos cheguei a te tocar.. Aquela notícia pra mim, foi como se meu chão fosse arrancado, como se tudo perdesse o sentido, na verdade tudo perdeu o sentido, eu não encontrava mais motivos pra viver.. Eu precisava contar pra alguém, precisava desabafar, mas quando me dei conta, eu não tinha mais ninguém, era como se eu, fosse só um corpo vagando por ai.. Sua voz não saia da minha mente.. Todas as lembranças, sua risada.. Eu tentava encontrar uma maneira de fugir, mas não tinha como, não podia fugir das lembranças, das memórias que meu coração sempre guardou com tanto carinho.. Você se foi, e seu amor ficou.. E o que fazer com todo esse amor?! Toda essa saudade de você?! Ainda está tudo aqui, meus sentimentos permanecem vivos, e você sabe disso, eu sei que sabe, eu sei que da onde está consegue de alguma maneira cuidar de mim, me proteger, eu sei que é você quem me da forças pra continuar.. Meu corpo está todo machucado, cheio de cortes, mas a minha dor continua aqui, uma dor que nunca irá passar.. De certa forma estou com um conforto no peito, porque sei que esse lugar que está, é melhor que aqui.. Mas você não podia ter me deixado.. Não mesmo, eu nem menos pude tocar em você..  Meses já se passaram, estou tocando a minha vida do jeito que dá, claro que se estivesse comigo tudo ficaria melhor.. Só que agora, depois de tanto tempo, eu achoque meu coração se conformou um pouco.. Eu estava aqui mexendo em umas coisas velhas, e acabei encontrando uma foto sua que eu havia revelado pra guardar sempre comigo, é a minha foto preferida, pois nela você está sorrindo, e enquanto eu estava a admirando, do nada começou a tocar a nossa música, foi inevitável,lágrimas começaram a cair dos meus olhos.. E todo dia 18, eu lembro a data do nosso namoro, e se hoje estivesse aqui, estaríamos completando quase 9 meses.. É sempre assim toda vez que o dia 18 chega. Eu olho suas fotos, as lembranças vem, as lágrimas caem, a saudade aperta..  E assim vou seguindo.. E de onde quer que esteja, saiba que você é insubstituível..

0 comentários:

eu

eu

Quem sou eu

Oi, eu sou a Stephany Poubel e esse é oficialmente meu cantinho na internet. Hoje tenho 20 anos e moro no Rio de Janeiro. Sou formada em Gestão de Recursos Humanos, mas meu sonho mesmo é ser escritora. Minha vida às vezes parece roteiro de filme e eu adoro escrever, sempre gostei de compartilhar com outras pessoas o bom da vida. Sou apaixonada por musculação, porém minha dieta não é totalmente balanceada. Minha base é minha família, porém são eles que me apoiam. Meu blog se transformou num lugar onde compartilho as coisas mais legais que vejo por aí, e sempre serei uma eterna aprendiz!

Seguidores

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.